quarta-feira, 2 de Abril de 2014

Bom dia!!!!!! :)

E como depois da tempestade vem a bonança.... A ver se damos um novo fôlego a isto! ;)
 
Até já!!!!!!!!!!!
 
:*

quarta-feira, 13 de Março de 2013

quinta-feira, 10 de Janeiro de 2013

1 ano depois....

E é isto... Um ano depois cá estamos nós.... :) 



Começamos as festas mais cedo a acabamos as festas mais tarde... Aniversário, Natal, Passagem de Ano, Aniversário e... Aniversário!! :)
Tudo correu bem, a pipoca portou-se lindamente em todas as ocasiões e teve um batalhão de presentes (ai o consumismo....), que ando a guardar e a dar aos pouquinhos.
A festa de aniversário foi lá em casa, com a família e alguns amigos. Nada de especial, mas muito especial... Adoro esta miúda!!!
Apesar de ter o seu bolo de aniversário, aqui a mamã fez outro bolinho mais simples, para ela comer um pouquinho. Aliás, a mamã até que se empenhou e fez algumas coisas (gelatina, pudim flan, mais dois bolinhos, quiche). E as avós também deram a sua contribuição. 
Havia balões, banderinhas cor de rosa, gomas para os mais novos...
Claro que ela não percebeu o que se estava a passar... Mas que entendeu que era alguma coisa diferente, lá isso entendeu!
E parabéns a nós!!!! :)


terça-feira, 8 de Janeiro de 2013

Acordar....

E como não sou só mãe a coisa* vai mudar um pouco de figura. Sim, que um dia mais tarde gostava que a pipoca também tivesse um vislumbre das outras facetas da mamã!
Não, não é uma resolução de ano novo, que eu sou pouco ou nada dada a essas coisas. É antes uma mudança de direcção e um novo respirar.
Cenas dos próximos capítulos em breve!! ;)
 
 * Por coisa, entenda-se isto aqui, onde venho de vez em quando mandar umas postas - sim, que ainda não me permito chamar blog a isto - e a humildade faz parte do negócio.

terça-feira, 20 de Novembro de 2012

Coisas boas...

Falar
Já há algum tempo que me parece que a pipoca tenta imitar palavras que dizemos. Não me refiro às palavras mais simples, como olá ou mamã, ou à imitação dos sons. Mas a palavras mais complexas, com mais sílablas. Por exemplo, se eu digo que ela tem que comer a sopa, parece que repete "opa". Está a passar a fase do simples balbuciar... Tão linda!! Tão crescida!!

Levantar
Depois de se pôr de pé agarrada as grades umas poucas vezes e de ter deixado de o fazer, eis que voltou em força! Adora estar a brincar no ginásio e pôr-se de pé! O pior é que tenta ir à volta do ginásio e como aquilo tem umas "bases" e ela ainda não levanta os pés o suficiente, já caiu 2 ou 3 vezes. Sempre de lado e sempre com uma turra no chão. O que vale é que o susto passa depressa!!

Bater palmas
A pipoca aprendeu finalmente "a galinha põe o ovo". Parabéns!! :) Agora quando dizemos para bater palminhas, ela bate duas ou três vezes e depois estica logo o dedo. Não, filha, a galinha é uma coisa, bater palminhas é outra! :)

Papá
Também apareceu o tão desejado papá!!!!! Na versão tátá ou tété! :) E se perguntamos pelo papá, o olhar passa imediatamente para ele. Que bom!!! O único senão é que a mamã continua a ser a da foto pendurada na parede!!! humpff....

Ajudar a vestir
Sim, também já há algum tempo que a princesa ajuda a vestir e despir. Ora estica o bracito para vestir o casaco, ora dobra para tirar a camisola. Daqui a nada vai começar a dizer o que quer vestir!! :)

Sabe o que são os pés e o xulé!! Perguntamos por um ou por outro e ela lá levanta a pena a mostrar "estão aqui"! Quanto às mãos... Tenho que insistir nisso! ;) 

terça-feira, 13 de Novembro de 2012

"Que orelhas tão grandes.. Vou comê-las!"

Final do dia de ontem:
O livro do Capuchinho Vermelho sempre me pareceu bastante apetitoso e as páginas grossas não me impediram de rasgar um grande bocado  das orelhas do Lobo Mau, que foi de imediato para a boca. A mamã não viu porque eu estava de costas, supostamente a brincar com o ginásio. Não sei como é que a mamã percebeu, deve ter-me visto a mastigar, mas pensou que o papel já era e que o tinha engolido. Eu ri-me, claro, e foi quando a mamã viu o dito cujo colado no céu da boca. A mamã dizia "abre a boca" e apertava-me as bochechas. Depois tentou meter um dedo na minha boca, mas eu trincava o dedo com muita força (os meus 2 dentes são muito fortes!) e fechava a boca. A mamã ficou com medo de me magor com as unhas e chamou o papá (que não tem unhas!!) Assim foi mais fácil tirarem o papel sem me magoarem. Que feliz que eu sou a assustar os papás!!
 
 

segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

Ai que sono!!!! :)

Hoje ao acordar a pipoca, ela agarra nos cobertores, puxa-os para cima, roça no nariz (tal como faz para adormecer) e dá um esboço de choro...
É segunda-feira.... A modos que é isto!
Sai à mãe! ;)